Textos

Em São Paulo, PF prende José Yunes, amigo e ex-assessor de Temer
  • Por Jovem Pan
     
    29/03/2018 07h50
  •  
     
     
ReproduçãoSegundo a defesa de Yunes, Reproduçãotrata-se de uma prisão temporária de cinco dias. O advogado José Luis de Oliveira Lima alegou ainda que a prisão “ilegal” é “uma violência contra José Yunes e contra a cidadania”
A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (29), em São Paulo, o advogado José Yunes. Ele é amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer.
A decisão pela prisão foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF, relator do inquérito que investiga se o presidente da República, beneficiou empresas do setor portuário, por meio de decreto, em troca de suposto recebimento de propina.
Segundo a defesa de Yunes, trata-se de uma prisão temporária de cinco dias. O advogado José Luis de Oliveira Lima alegou ainda que a prisão “ilegal” é “uma violência contra José Yunes e contra a cidadania”.
Em novembro do ano passado, Yunes prestou depoimento à Polícia Federal, no inquérito dos Portos. Nesta ocasião, ele relatou uma operação de venda de imóvel ao presidente Temer.
José Yunes é apontado pelo operador financeiro Lúcio Funaro, delator da Operação Lava Jato, como um dos responsáveis para administrar propinas supostamente pagas a Temer.
Segundo Funaro, para lavar o dinheiro e disfarçar sua origem, o advogado Yunes investia valores ilícitos em sua incorporadora imobiliária.
  • NOTA- DO SITE= Será que não há nada de podre no reino da CAPITAL FEDERAL-BRASÍLIA? OU É MESMO NO REINO DA DINAMARCA?
  • decisão do MINISTRO BARROSO- do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL... 
TRANSCRIÇÃO DA JOVEM PAN
Enviado por helion verri em 29/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (TRANSCRIÇÃO DA JOVEM PAN- de UOL.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr