Textos

O QUE HÁ DE SE SABER E DE ENTENDER...
 
O que há no fundo do mar?
Ou o que pensa a minha vizinha
sobre o que sei e da minha reputação?
A quem interessa as ideias geniais?
Quem  chegará ao fim do universo?
e ou o que amanhã acontece na vida dos outros?
Se amanhã ainda existo ou estarei bem longe
de gentes e coisas. Etc e tal.
Qual seria dessa vida não existindo mais?
Nada ocorreria e  tudo talvez fosse nada.
Trôpego do além. “Partir cest mourir un peu”.
Horizontes sem fim e,
o enigma do ser e existir. Nada além. O óbvio.
De que lado começa uma ponte
eis que tem dois pontos,
a ida e a vinda...                                                Não seria sempre a mesma coisa?
Por que o ódio é
mais forte que o amor?
Por que os lírios nascem do lodo
e são sempre branco.                                        Prega-se sempre a imaculada virtude...
Os lírios ignoram!                                            
As flores são indiferentes aos preconceitos.
E, por que as armas são mais poderosas
que as leis?
Por que existem as diferenças,
se  todos-supostamente-são iguais?
Precisamos (sempre) de hierarquia e chefes?        Verdadeiras são as crianças
que nascem sem algum partido político
sem ideologias e jamais discriminam,
nem fazem guerras.
Quando nascem...só choram por nós.
Há um manto sobre a nossa real existência.
 
helion verri
Enviado por helion verri em 24/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr